TREINAMENTO

 

Não importa se sua empresa é pequena ou grande, familiar ou de capital aberto, local ou internacional, prestadora de serviços ou industrial, recém constituída ou centenária...

Independentemente das características que possam ser assumidas para diferenciar quaisquer empresas entre si, todas, sem exceção, possuem um aspecto comum a elas.

Todas são constituídas por pessoas.

Sem pessoas, nenhuma empresa existiria.

E é justamente por isso que as pessoas são tão importantes; é por isso que elas precisam ser valorizadas; é por isso que elas precisam se sentir parte do contexto.

Ao conferir-lhes essa importância, uma empresa assume uma postura inequívoca de reconhecimento profissional – a de que lhes concede direitos, mas também lhes cobra obrigações.

Mas as pessoas são muito diferentes entre si – muito mais diferentes do que as empresas...

Há as que sabem muito, e produzem muito... uma minoria.

Há as que sabem muito, e produzem pouco... muitos.

Há as que sabem pouco, e produzem muito... poucos.

Há as sabem pouco, e produzem pouco... a maioria...

E há as que sabem pouco, sabem que sabem pouco e gostariam de saber muito mais mas, simplesmente, não tiveram essa chance – a parcela que interessa à maioria absoluta das empresas!

É nesse contexto que entra a possibilidade de sua maior contribuição – sua efetiva participação no aprimoramento de seu maior ativo:

- TREINAMENTO.

Às vezes, simplesmente, o que elas precisam, é de TREINAMENTO.

Mas, o que é TREINAMENTO?

Treinar, antes de qualquer coisa, significa inspirar – prover alguém (no caso, seu pupilo) de energia mental suficiente para fazê-lo não desanimar diante do fato de que ele ainda não possui o domínio do assunto que lhe é apresentado, mas poderá vir a tê-lo num futuro, o que só dependerá dele, de seu esforço, de sua dedicação, de sua disciplina, de sua convicção em acreditar em si próprio.

Bons instrutores são aqueles que, além de possuírem o conhecimento necessário (ainda que não absoluto!) sobre o teor da matéria, possuem a capacidade de transformar força em energia – ou seja, palavras em ações, em atitudes, em realizações pessoais daqueles que lhe são caros.

 

 

 

 

Visite NOSSOBLOG

  Site Map